Projeto do Corredor Logístico do Açu será apresentado após o Carnaval

 Corredor logistíco está causando polemica na região (Foto: Campos 24 Horas)

O anúncio da apresentação do Corredor Logístico Corredor Logístico do Superporto do Açu logo após o Carnaval foi feito pelo subsecretário estadual de Projetos de Urbanismo, Vicente Loureiro, na Câmara Municipal de São João da Barra. Ele declarou que lamenta que haja inevitáveis desapropriações no traçado para passagem de um ramal ferroviário, uma rodovia, três linhas de transmissão de energia, gasoduto e oleoduto, e disse que a administração municipal tem encaminhado solicitações para reduzir os impactos sociais e também que o projeto final será direcionado a “contornar” o máximo de propriedades, especialmente no que diz respeito às linhas de transmissão, mas também deixou claro que o traçado da ferrovia, por razões técnicas, não poderá ser sinuoso.

“A ferrovia tem um projeto mais rígido porque não poderão existir muitas curvas e nem elevações no percurso, mas estamos fazendo o máximo para que as linhas de transmissão contornem as propriedades. É possível cultivar e manter pastagens sob as linhas de transmissão. Só não pode haver moradia ou outras edificações”.

…“No caso das desapropriações, os critérios serão os mesmos das propriedades inclusas na área destinada ao Distrito Industrial: “eu seria hipócrita se não dissesse isso, mas estamos tomando todo o cuidado possível para que os impactos sejam os menores. Porém, haverá quem não esteja satisfeito, quem discorde. Nesse caso as pessoas terão o auxílio da Justiça para pedir a reavaliação de suas terras.”…
…“Nós sabemos que há o pequeno, o médio e o grande produtor, mas também há uma parte considerável que é improdutiva. É preciso que isso fique bem claro, que isso seja dito, se não estaremos sendo injustos. 

No caso dos que produzem, a maioria possui até 10 hectares e será reassentada e o modelo de reassentamento prevê assistência técnica, apoio – porque será necessário preparar a terra, e até que a produção retome, o agricultor terá o apoio financeiro necessário ao sustento de sua família”…
A previsão do subsecretário é que logo após o Carnaval o projeto esteja concluído, constando dele um mapa detalhado mostrando por onde o Corredor Logístico passará

Participaram da reunião, além de Vicente Loureiro, o subsecretário de Estado de Transportes, Sebastião Rodrigues Neto, a presidente da Codin – Companhia Estadual de Desenvolvimento Industrial, Conceição Ribeiro e os secretários municipais, Victor Aquino, de Planejamento, Antônio Neves, Educação, João Batista Filho, Pesca e Osvaldo Barreto, Agricultura, além dos nove vereadores.


BLOG:
O governo do Estado não fez um planejamento para a execução do corredor logistíco e nem ouviu a prefeitura de Campos e a sociedade cívil a cerca dos problemas que serão levantados com a construção desse grande projeto. O progresso é bom, desde que não prejudique as pessoas que residem nessas localidades. 

A Prefeita Rosinha Garotinho, a deputada estadual Clarissa Garotinho e a sociedade  estão de olho no progresso e atentos as consequências, pois as obras da ferrovia vão cortar a cidade, tornando a localidade de Ururaí isolada.

1 comentário:

dhaiany disse...

aíi não é por nada não .
mais rosinha esculachou ,
amei as programação do carnaval
by: Dhaiany barcelos .
ruan vlw por ter me passado a programação lindo :P

Enviar um comentário