Farsa do Globo tenta culpar PR pelos protestos contra Cabral



Mais uma vez as organizações Globo tentam iludir o povo do Rio de Janeiro com uma reportagem ridícula, publicada hoje em seu jornal Globo, que se transformou no diário oficial de Sergio Cabral e da Gangue dos Guardanapos. Tentam fazer com que o povo acredite que as manifestações do Rio foram orquestradas por militantes do PR. Até gostaria de ter a capacidade de colocar na rua aquelas milhares de pessoas que espontaneamente foram protestar contra assuntos tão diversos, inclusive contra a própria Globo e os partidos políticos. Como em todo o Brasil, o movimento rejeitou a presença ou vinculação com qualquer partido. A reportagem afirma que militantes do PR participaram das manifestações. Isso pode ter acontecido, como também participaram delas militantes do PT, do PSOL, PMDB, gente de todos os partidos e gente que não simpatiza por partido nenhum. 

O Partido da República manifestou-se claramente sobre os episódios em todo o Brasil. Apoiou as manifestações e suas bandeiras, entre elas, fora Globo, e repudiou qualquer violência praticada pela polícia ou por qualquer grupo participante da manifestação. O PR por intermédio de sua direção não financiou nenhum grupo para participar de movimento ou ocupação na porta do governador Sergio Cabral. Se alguém o fez, foi por conta própria, e tem direito de fazê-lo e arcar com as consequências. 

Como presidente estadual do PR, repúdio as mentiras publicadas na edição de hoje de o Globo, apoiadas, segundo a reportagem, em investigações da Secretaria de Segurança, a mesma que até hoje não conseguiu descobrir onde está o corpo do pedreiro Amarildo mas, que a pedido do seu chefe Cabral, já teria conseguido identificar que o PR teria financiado manifestações. Fantasia? Delírio? Ou desespero? As Organizações Globo trabalham pra encontrar um culpado para o desgaste de Cabral que esconderam durante tanto tempo. Se existe alguém culpado é a Globo que recebeu dos cofres do estado mais de R$ 700 milhões do governo de Cabral para engordar as contas dos seus donos e ajudá-los a subir no topo dos mais ricos do mundo às custas dinheiro público. 

Sem comentários:

Enviar um comentário