Xande de Pilares deixará grupo Revelação



Matéria publicada pelo Jornal Extra

Depois de 20 anos, Xande de Pilares tomou a dura decisão de deixar os vocais do grupo Revelação. O cantor fala pela primeira vez sobre sua saída e os planos a partir de agora.

Por que você resolveu deixar o Revelação?
Não estava mais feliz. Já não era como dez anos atrás. Eu não podia perder o amor pela música e estava perdendo. Sabe quando você vai virando um robô? Saí do grupo porque precisava respirar, tirar essa angústia de dentro de mim. Não estava rolando muita satisfação.

Quando tomou a decisão? Foi difícil?
Desde 2008, estou com isso na cabeça. Para subir ao palco, você precisa estar bem, e eu não estava. Não era mais a mesma coisa. Diziam “você tem que ir para lá”. E eu pensava “caramba, tenho que ir para lá”. Estava forçando a barra. Vão dizer que saí porque estou na televisão, essas coisas. Regina Casé é minha amiga. Não sou apresentador, sou uma espécie de mobília do “Esquenta!”. Não saí porque quero ganhar mais dinheiro, aparecer mais. Nunca tive isso.

Como foi comunicar a decisão aos outros integrantes?
Eles ficaram chateados. Foram seis minutos de silêncio na sala quando anunciei. Todo mundo ficou calado, sem entender o motivo. Cara, foram 20 anos juntos, mas é igual a um relacionamento e chega um dia que transborda. Não dividi com ninguém antes, foi uma decisão muito minha. Pensei muito em que resposta eu ia dar a eles.

Houve briga entre vocês?
Só brigávamos pelo trabalho, nunca brigamos por dinheiro. Mas a vaidade contou muito. Uma vaidade no grupo que não havia necessidade. Poderia ser vaidoso, mas não sou. Algumas vaidades ficaram visíveis.

O Revelação vai acabar?
Existe uma agenda a ser cumprida e vou cumprir porque é uma questão de caráter. Cumpro se eles permitirem, mas sei que uma parte do grupo ficou magoada. Tenho certeza de que o Revelação continua sem mim. Não sou insubstituível. Sempre soubemos lidar com as dificuldades. Se acabar, não conheço mais meus companheiros.

Quais são seus planos agora?
Não sei o que ainda vou fazer. Vou dormir e fico pensando no medo de encarar um palco sozinho. Vou continuar cantando por aí. Sou um cara de sonhos e projetos. Por amor a música, não vou abandoná-la

Sem comentários:

Enviar um comentário