"Um erro tão primário e amador", diz Wanessa sobre "mico" no Gugu



A cantora Wanessa Camargo se mostrou bastante irritada com o Programa do Gugu, transmitido Ao Vivo na Rede Record na noite de ontem (03), quando teria ela pago um mico ao ser anunciada para cantar uma música no palco dos estúdios GGP. 

No momento em que foi chamada, o áudio playback funcionou perfeitamente para os telespectadores, entretanto, não estava tocando no estúdio. A cantora, então, se sentindo constrangida, começou a puxar uma acapela. No estúdio o público acompanhou apenas Wanessa cantando, mas em casa, os telespectadores ouviram tudo embolado e fora de sintonia.
Na manhã desta quarta-feira (04), a cantora detonou o Programa do Gugu e a Rede Record, ao se dar conta da repercussão gerada em torno do fato. Em sua publicação no Facebook, Wanessa pediu para a emissora melhorar a infraestrutura, investir mais e ensaiarem antes. Disse que foi um erro primário e que o 'king kong' (mico) não é dela.


Veja vídeo do mico clicando aqui.

Confira a íntegra do desabafo da cantora abaixo:

"A novela... Programa do Gugu.

Terça-feira, 3 de março, 15h. Recebo uma ligação da minha equipe desesperada dizendo que não haveria a possibilidade de fazer o programa do Gugu (no mesmo dia) no formato Live PA (para quem não sabe, é quando o DJ toca e eu canto ao vivo). A justificativa foi a falta de estrutura, equipamentos e etc...

O que fazer então? A chamada está no ar, a divulgação está feita... Então decido: "Ok, irei abrir uma exceção". Por ser o programa do Gugu, a quem estimo e respeito. Por ser Record, parceira tantas vezes. Mesmo sendo contra o que tenho feito há anos: eu devo, posso, e o público merece que seja sempre ao vivo.

Foi combinado e acertado, então, que eu cantaria duas músicas e participaria de um jogo chamado Cabine.

22h30: o programa começa e entro logo no início. Cumprimentos, conversa rápida e vamos cantar.
"- Ok, vamos lá!"
1,2,3,4,5,6,7,8,9,10... Silêncio no estúdio.

11, 12... e começa a ficar constrangedor...

Pensa rápido, Wanessa!

Então, eu digo: "-Vamo ao vivo então. Shine it on, shine it on, shine it on me. Vamo lá, gente!" E nada da música começar.

Digo outra vez: "-Vamo de novo então, galera!" E emendo O Amor Não Deixa até o refrão todo. Nada acontece no estúdio e eu começo a pensar em outra música, ou vou dar cambalhota, sei lá!
Quase 1 minuto depois, a música começa a tocar no estúdio. Então, disse eu: "-Aê, agora vamos!"
Saí do programa, de certa forma incomodada - pois nada acordado foi acertado -, mas a surpresa maior foi ver o que tinha realmente acontecido. O que parecia ter sido apenas um pequeno contratempo, controlado pelo o meu improviso maluco, na verdade foi um king kong. E pior, pago por outras pessoas e dado para mim, afinal, a cara na frente da câmera, era a minha.

Como é que uma rede de televisão do porte da Record e um programa de um dos maiores nomes da televisão podem cometer um erro tão primário e amador? Enquanto eu cantava a acapella no silêncio constrangedor e, repito: CONSTRANGEDOR do estúdio, o público em casa estava ouvindo perfeitamente a música durante quase um minuto.

Como ninguém vem avisar? Dar um grito, sei lá. Me desculpe, mas esta conta não é minha.
Com humildade e todo respeito e carinho que tenho por vocês: melhorem, invistam, ensaiem. É inadmissível vocês deixarem os seus convidados passarem por tamanho desconforto - sendo eu, que já tenho os meus 15 anos de carreira e mereço o meu respeito - como qualquer artista que se predispõe a sair de sua casa, para pisar em vossa casa".

Fonte: UOL/ Facebook da artista


Sem comentários:

Enviar um comentário