Oposição tenta jogar população contra Governo Rosinha Garotinho




Do Blog do Garotinho: 


Um jornal de Campos, vinculado ao grupo político derrotado nas duas últimas eleições municipais vem desde o primeiro dia do governo Rosinha atacando de maneira sistemática e covarde a administração municipal, a fim de criar um ambiente negativo contra Rosinha e suas realizações. São tão inconsequentes e irresponsáveis que estão estimulando uma campanha que intitularam "Venda do futuro", que pode trazer imensos prejuízos para o comércio de Campos, as empresas que prestam serviço para a prefeitura, construtoras, hospitais e entidade filantrópicas que dependem dos recursos da prefeitura.


Utilizando seu método mais comum, a mentira, o jornal estimula, usando todos os instrumentos possíveis como poderão ver, a população a acreditar que a culpa pelas dificuldades que Campos passa é da Prefeita Rosinha Garotinho. Vejam no quadro abaixo, as perdas acumuladas no primeiro semestre nos 11 municípios da OMPETRO (Organização dos Municípios Produtores de Petróleo) só com royalties e participações especiais ultrapassa a casa de R$ 700 milhões.

Além disso o município tem deixado de receber recursos federais desde outubro, como é o caso do PRONATEC. Também omitem da população a informação que o Governo do Estado tem tido sucessivas perdas de arrecadação do ICMS, que prejudicam todos os municípios. Alguém lúcido pode aceitar a versão de que a prefeita está com algumas obras paradas por que quer? Alguém minimamente esclarecido pode crer que a prefeitura tem tido dificuldade para cumprir cronograma de convênios pelo simples prazer de prejudicar instituições filantrópicas? Claro que não. Isso só nas mentes pervertidas, cheias de ódio e maldade, de quem comanda aquele jornal. Alguém que conhece o coração sincero e solidário de Rosinha, pode crer que ela fica alegre em ver pessoas desempregadas, passando por dificuldades? Claro que não. Somente os que colocam os seus interesses financeiros, o dinheiro acima de qualquer outro princípio na sua vida.

A mentira do jornal não tem limites. No final de semana publicou uma pesquisa de um instituto chamado Pro 4, dando uma avaliação baixíssima ao governo Rosinha. Vamos aos fatos.

Quem é o dono do instituto Pro 4, segundo registro na Junta Comercial? Murilo Diegues, um empresário que escreve e mantém uma coluna diária na Folha da Manhã, e que foi secretário do governo Sérgio Mendes, que saiu da prefeitura sem pagar os funcionários. Onde funciona o referido instituto Pro 4? Numa quitinete de propriedade da família Diegues, onde não foi encontrado nenhum funcionário. Quantas pessoas o instituto ouviu? Quatrocentas e vinte e nove, e segunda matéria da Folha da Manhã, o desgaste do governo Rosinha já teria atingido interior, conforme mostra o resultado da pesquisa em Outeiro. Acontece que Outeiro é distrito do município de Cardoso Moreira, não pertence a Campos. Poderia enumerar outras diversas mentiras colocadas na pesquisa, mas acho que é suficiente.

O oportunismo dessa gente não tem limites. Dá voz e espaço nos seus veículos ao vereador Marcão do PT para fazer acusações e pedir investigação no governo Rosinha. Será que essas pessoas pensam que o PT, de Marcão, Lula, José Dirceu, Lava Jato, Mensalão, Petrolão tem o mínimo de autoridade moral para questionar quem quer que seja? Só mesmo um oportunismo infantil para crer nisso.

Pessoas responsáveis trabalham pela solução dos problemas. Não fomos nós que criamos a queda do barril do petróleo, estamos apenas buscando a solução, é isso que incomoda esse pessoal, nós estarmos encontrando saídas.

Sem comentários:

Enviar um comentário