Museu de Campos com três exposições


Com a exposição do centenário das obras de melhoramento na cidade inauguradas em 1916, pelo então presidente do Estado do Rio de Janeiro, Nilo Peçanha; salão de artes plásticas; e exposição do fotógrafo Dibs hauaji, o Museu Histórico de Campos segue recebendo diversos visitantes. No ano foram mais de 80 mil pessoas e só na última semana, mais de 700 pessoas passaram pelo Museu.

- Nosso museu é vivo, não é vitrine. Nós recebemos a nossa comunidade e as visitas são gratuitas - disse a gerente do Museu Histórico de Campos, Graziela Escocard.

O Museu Histórico de Campos funciona de terça à sexta-feira, das 10h às 17h e aos sábados, domingos e feriados, das 9h às 14h. O Museu Histórico de Campos é administrado pela Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima (FCJOL). 

Sem comentários:

Enviar um comentário